Gerenciar é muito mais do que somente organizar, controlar e dirigir algo. É também conseguir ensinar, motivar, cobrar e traçar metas de crescimento e melhorias, visando sempre o sucesso para algo.

Quando pensamos em uma ótica, essa função se torna ainda mais delicada, pois os produtos fornecidos nesse segmento não se vendem sozinhos.

Uma ótica exige que os seus profissionais tenham alto conhecimento sobre todos os seus produtos, além de entregar uma alta qualidade no atendimento.

Essas empresas lidam com algo extremamente importante para nossas vidas, que é a visão. Isso exige delas conhecimento técnico, especializado e detalhado, não somente sobre os itens fornecidos, mas também dos possíveis diagnósticos da visão.

E como gerenciar tudo isso?

Organizando as funções e responsabilidades

Ter estabelecido exatamente qual é a missão, as responsabilidades e as metas de cada setor é primordial para efetuar a distribuição das tarefas de forma correta e eficiente dentro de uma ótica.

Se a sua função é gerenciar, está é uma de suas responsabilidades.

Capacitando e monitorando os resultados da equipe

Fornecer materiais de estudo e treinamentos com certa frequência é primordial para garantir a excelência na entrega do seu atendimento. Quanto maior for o conhecimento da sua equipe, maior é a venda de valor agregado e consequentemente a fidelização dos seus clientes.

Além de treinamentos, é necessário acompanhar os resultados gerados pelo trabalho mensal e fornecer feedbacks para melhorar os pontos mais delicados e potencializar os resultados.

Baixe gratuitamente o eBook Análise SWOT

Estabelecendo metas

Seus objetivos e metas precisam estar bem estabelecidos para que todas as ações e atividades sejam direcionadas aos resultados esperados. Você deve traçar suas metas avaliando fatores como: fluxo de caixa, capital de giro, objetivos de crescimento, entre outras informações.

Mas, lembre-se! As metas precisam ser SMART:

S  = Específicas (Tenha especificado e detalhado quais são os seus objetivos e metas);

M = Mensuráveis (Descreva através delas, quem, quanto e quando quer atingi-la);

A  = Alcançável (Saiba se de fato você consegue atingir a sua meta ou se está bem próximo da sua realidade);

= Relevante (Defina algo que esteja dentro da sua missão e dos seus objetivos);

T  = Temporal (Toda meta precisa ter um prazo a ser cumprida, assim você poderá acompanhar e cobrar o resultado dentro do prazo determinado, metas sem prazos não são metas!).

Organize e distribua as tarefas a serem executadas sobre as metas definidas.

Fazendo análises dos resultados da ótica

Com metas estabelecidas e distribuídas, você precisa acompanhar com frequência a entrega e os resultados das tarefas. O acompanhamento deve ser feito conforme os prazos estipulados.

Utilize as informações de seu software a seu favor e obtenha melhores informações para as tomadas de decisão.

Analisando os seus resultados, crie ações para potencializá-los e para correção de percurso, caso seja necessário.

Primeiro sistema mobile para óticas, optiSoul.

Fornecendo feedback para o time

Se comunique com sua equipe, demonstre como está sendo a evolução ou os problemas encontrados no meio do caminho.

Mas lembre-se que também é importante ouvir!

Ouça o feedback do seu time para ter melhores noções do desempenho das tarefas e permita que eles deem sugestões, pois assim se sentirão parte da meta e da história. Isso gera uma maior satisfação pelo trabalho executado.

Todo esse processo que apresentamos deve ocorrer independente do tamanho da sua ótica, tenha ela uma grande ou uma pequena equipe.

Ou seja, independente de sua estrutura física, esses passos devem ser efetuados para o melhor resultado e desempenho de sua empresa.

Quer mais dicas de como gerenciar a sua ótica? Fique atento aos próximos posts ou entre em contato conosco, será um prazer lhe ajudar!

Bianca Boscolo

Sou formada em Administração de Empresas pela UNIP-Campinas, com especialização em Gestão de Pessoas pela FAJ. Me considero uma pessoa cheia de energias e apaixonada por uma boa cerveja artesanal. Descobri o segmento ótico em 2011, onde trabalhei em uma ótica por dois anos até ingressar na Optidados. E é com essa energia e experiência que escrevo com grande atenção para o Blog Optidados.

Postagens publicadas: 49