Por conta do isolamento social causado pela pandemia de coronavírus, muitas pessoas têm passado mais tempo em frente às telas dos aparelhos tecnológicos. Seja trabalhando no home office, seja fazendo chamadas de vídeo com os amigos, nossos olhos estão ficando cada vez mais conectados em celulares, computadores e televisores.

Essa realidade, embora permita o distanciamento necessário nesse momento, pode prejudicar a visão em muitos sentidos. Isso faz com que a necessidade de utilizar óculos se torne, pouco a pouco, maior. Nesse sentido, esse momento surge como uma grande oportunidade para o mercado óptico, já que a demanda aumentará.

Por isso, elaboramos este texto. Nele explicaremos por que os prejuízos à visão tendem a aumentar, quais os principais sinais dessa situação e como auxiliar os clientes de sua ótica a escolher um produto adequado para eles. Confira!

Como a pandemia prejudicou nossa visão?

De acordo com um estudo feito em 2020 pela JAMA Ophthalmology, a miopia aumentou em até três vezes em crianças de 6 a 13 anos durante a pandemia. Segundo a pesquisa, essas são as primeiras evidências de que a pandemia de Covid e o confinamento em casa têm prejudicado a visão, em especial de pessoas mais novas.

Isso ocorre pois, quanto mais ficamos atentos às telas, menos piscamos, fazendo com que os olhos sequem, fiquem avermelhados e com sensação de ardor. Esse excesso de foco, gerado pela curta distância dos olhos sobre uma tela iluminada, ativa um mecanismo de “acomodação” no olho, facilitando o aumento da miopia.

Como a ótica pode ajudar?

Em grande parte, o aumento de tempo de tela ficou inevitável. Contudo, é possível que a ótica forneça meios para prevenir ou, ao menos, diminuir os efeitos negativos que essa exposição constante promove. Uma das principais maneiras de ajudar nesse sentido, é fornecendo lentes com filtro azul. A seguir listamos algumas das vantagens desse produto. Confira.

  • permite maior conforto visual;
  • seu uso diário garante uma melhor qualidade de sono;
  • as lentes azuis possibilitam a diminuição do cansaço dos olhos;
  • ao forçar menos a vista elas reduzem as dores de cabeça;
  • previnem a saúde da retina, em especial de pessoas mais jovens que estão começando a ter problemas de vista.

Como preparar a ótica para atender a nova demanda?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2050 a perspectiva é de que cerca de 52% da população mundial precise usar óculos para corrigir a visão, em especial por conta da miopia. Isso significa que, se quem ainda não utiliza lentes de correção, provavelmente precisará em breve.

Nesse sentido, é importante saber atender as necessidades de seus potenciais novos clientes. Para isso, vale a pena:

  • preparar seu estabelecimento para o aumento da demanda, em especial para o público infantil;
  • fazer parcerias com empresas que possibilitem uma melhor gestão de seu empreendimento ótico;
  • prestar atenção nas mudanças do mercado ótico;
  • pensar uma estratégia de marketing efetiva para satisfazer as necessidades dos novos clientes;
  • investir em produtos de qualidade, em especial lentes de filtro azul que são voltados especialmente à proteção da luz de telas.

    E-Book Ambiente Interno da Ótica: Guia Completo do PDV!

Como oferecer os óculos adequados?

Uma vez que potenciais clientes notarem a necessidade de correção da visão for percebida, será necessário irem até uma ótica para solicitar que os óculos sejam feitos. Quem trabalha no mercado óptico compreende a importância de fornecer um produto adequado.

Para isso, é preciso identificar as necessidades do cliente, fornecendo diferentes modelos de armações e lentes, buscando aquele mais adequado ao formato de rosto do cliente.

Como foi possível notar, a pandemia de Covid e a necessidade de isolamento social trouxeram prejuízo à visão das pessoas. Nossos olhos passaram a se esforçar cada vez mais, uma vez que foi necessário utilizar telas iluminadas para fazer as mais diversas atividades. A perspectiva é que isso continue a acontecer. Essa é uma excelente oportunidade para quem trabalha com óticas, por isso é importante ter estratégia e inteligência para aproveitar da melhor forma esse momento.

Então, gostou dessas informações? Para ficar por dentro de mais conteúdos como este, siga-nos nas redes sociais. Estamos no Facebook, YouTube, LinkedIn e Instagram!

Carol Melzani

Sou coordenadora da Central de Relacionamento na Optidados. Me formei em Direito pela Faculdade de Jaguaríuna, onde despertei grande interesse em discussões acerca do direito empresarial. Amo aprender e entender com os clientes, os desafios que me cercam, propondo soluções que conciliam a tecnologia com as boas práticas de varejo. Utilizo desse lema como o direcionador dos textos que escrevo para o Blog Optidados.

Postagens publicadas: 51