Como implementar a LGPD para Ópticas? Veja 3 dicas essenciais!

Como implementar a LGPD para Ópticas? Veja 3 dicas essenciais!

A legislação dos países está em constante evolução, de forma que as leis estejam em melhor sintonia não apenas com a realidade do momento vivido, como também com as principais demandas, anseios, expectativas e necessidades da sociedade. Pensando nisso, preparamos um post mostrando como implementar a LGPD para Ópticas!

A sigla, que quer dizer Lei Geral da Proteção de Dados, veio justamente com essa intenção e já está em vigor, podendo causar riscos à credibilidade, maior exposição a fraudes e até multas quando não houver a devida adequação por parte dos empresários. Continue sua leitura de descubra como evitar que isso aconteça!

1. Faça um diagnóstico do seu negócio

O primeiro passo para quem deseja aprender como implementar a LGPD para Ópticas consiste em fazer uma espécie de diagnóstico do negócio. Na realidade, é uma etapa muito importante para traçar um planejamento mais assertivo, porque permite conhecer melhor o cliente, a organização, os produtos, seus dados e como protegê-los.

O mesmo princípio vale para os colaboradores e fornecedores, analisando o ciclo de vida de cada um deles, as eventuais falhas nos processos de tratamento e quais são mais maiores suscetibilidades, sejam elas humanas ou tecnológica. Com isso, é possível traçar estratégias de autorização de acesso e mitigação de riscos, que são algumas das finalidades na LGPD.

2. Invista em soluções de tecnologia

Outra dica para implementar a LGPD para Ópticas é investir em soluções em tecnologia. Hoje em dia, existem muitas alternativas no mercado, o que certamente assegura que uma ou mais ferramentas podem ser úteis na sua realidade. Bons softwares de gestão, por exemplo, ajudam a centralizar dados, limitar o acesso, controlar produtos e emitem relatórios.

Os melhore sistemas do mercado usam recursos como o blockchain e o cloud computing, que faz back-ups esporádicos e salva tudo em nuvem, evitando perdas desnecessárias. No modelo SaaS, o fornecedor do programa se responsabiliza por toda a estrutura necessária, fazendo com que o empresário conte com diversas funcionalidades e o suporte no serviço.

3. Estabeleça uma cultura de segurança

Por fim, não podemos falar sobre como implementar a LGPD para Ópticas sem citar que você deve estabelecer uma cultura de segurança na sua empresa. Afinal, os funcionários não devem ser treinados apenas para vendas ou atendimentos mais assertivos, mas também para protegerem e tratarem adequadamente os dados dos consumidores.

Para isso, você deverá determinar os procedimentos padrão, que serão adotados para garantir uma maior proteção dentro da organização. A gestão precisa definir condutas de controle para minimizar os riscos de ataques e vazamentos, trazendo instruções de boas práticas nas ações cotidianas, em sintonia com a solução de SaaS adotada.

Como você pôde ver, é fundamental que o empreendedor esteja por dentro das novidades do setor e saiba como implementar a LGPD para Ópticas, minimizando os ricos e mantendo sua competitividade no mercado.

Gostou de aprender como implementar a LGPD para Ópticas? Quer conferir mais conteúdos como o post de hoje, em primeira mão e inteiramente grátis? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Orlando Bueno

Sempre buscando referências nas melhores práticas do segmento ótico global e com vivência de 3 décadas no varejo ótico nacional, idealizei a Optidados em 2008, com a missão de oferecer às Óticas do Brasil, inteligência de informação e eficiência de resultados comerciais, através de soluções tecnológicas de ponta. São com essas experiências que escrevo com muito prazer para o Blog da Optidados.

Postagens: 37