Em vários artigos aqui do nosso blog, já falamos sobre a importância de se adotar estratégias para atrair mais clientes para a sua ótica. Porém, além da atração, é fundamental que seja realizado um controle de todas as vendas.

O objetivo disso é simples: corrigir as falhas e aumentar o faturamento de forma inteligente.

Agora chegou o momento de medir se as suas vendas estão, no mínimo, satisfatórias.

Neste artigo, você vai encontrar 10 dicas valiosas de estratégias que vão te ajudar a analisar seus resultados. Vamos lá!

1. Analise a arquitetura de custos

Para o sucesso da administração da sua loja, é importante manter seus custos os mais baixos possíveis.

Dessa forma, teremos total eficiência na missão financeira, que é de sempre obter mais lucro.

2. Acompanhe o ciclo de vendas

O ciclo de vendas é formado por uma série de etapas necessárias para se vender um produto ou um serviço. Ele começa no primeiro contato do cliente com a sua ótica e termina no pós-venda.

O ciclo completo é formado por:

  1. Captar a atenção do cliente em potencial, seja através da vitrine  ou das mídias sociais;
  2. Trazê-lo para dentro da sua ótica, seja ela física ou virtual.
  3. Apresentar seus produtos e serviços e sentir se realmente ele é um cliente potencial;
  4. Passar o orçamento, analisar se a pessoa vai comprar com você e usar esse tempo para negociar sua proposta;
  5. Fechar a venda;
  6. Realizar o pós-venda.
Baixe gratuitamente o infográfico "Etapas de Compra"

3. Meça os resultados das promoções realizadas

Você sabe que uma promoção não é simplesmente dar desconto para o cliente.

Uma promoção sempre tem que ter um objetivo. Seja acabar com alguns produtos parados em estoque, divulgar mais a ótica ou atrair clientes por conta de datas comemorativas.

A realização dessa estratégia, além de agradar o cliente, tem que trazer um benefício para a sua ótica.

Você, por sua vez, tem que conseguir medir de forma correta se as metas e objetivos foram alcançados.

4. Defina o ticket médio

Definir o ticket médio é uma tarefa simples. É preciso levantar o quanto a ótica vendeu no período desejado e dividir pela quantidade de clientes que compraram.

Com isso, você vai saber em média quanto cada cliente gastou e terá o ticket médio estabelecido.

“Ok Carol, mas e aí, o que fazer com essa informação?”

É simples! Você pode adotar estratégias para aumentar seu ticket médio e faturar ainda mais. Pode também medir se uma ação de marketing foi mais eficiente que outra e por aí vai…

Exemplo: descubra o produto mais vendido na sua loja e procure opções semelhantes para ter mais opções de venda. Ou, identifique alguma marca que não venda e então troque-a.

5. Oportunidades X Vendas

Aproveitar as oportunidades de vendas, obtendo uma alta taxa de conversão não é tarefa fácil.

Para isso você deve medir também a taxa de evasão da sua ótica (seja da loja física ou da online).

Saber quantas pessoas entram na sua ótica e o que procuram é muito importante para poder entender qual o perfil da sua persona.

Você precisa pegar os dados de seus potenciais clientes para fazer um orçamento e depois negociar com eles.

Se você possui uma ótica virtual, suas métricas iniciais podem ser:

  • Quantos acessos seu site ou página teve;
  • Que produtos estão sendo mais visitados e por qual perfil de cliente (homens ou mulheres; faixa etária; dispositivos que usaram etc);
  • Quantos carrinhos foram deixados sem a finalização da compra.

6. Tenha uma taxa de desconto consciente

Para saber se a sua taxa de descontos está condizente com a saúde financeira da ótica, vários fatores devem ser analisados.

Mais uma vez se faz necessário saber exatamente o custo de cada produto, para então saber quanto você está ganhando ao vendê-lo.

Outro fator a ser analisado é quando você receberá (já que as vendas podem ser parceladas), ou seja, é preciso saber como está o fluxo de caixa da sua ótica.

Depois, outras análises são necessárias, como por exemplo: saber quanto o seu cliente está disposto a pagar pelo seu produto e a que valor seus concorrentes praticam seus preços.

7. Saber onde a equipe de vendas tem mais dificuldade

Essa é uma métrica relativamente fácil de ser levantada, porém, muito difícil de ser resolvida.

Um profissional de vendas normalmente é comunicativo, confiante, estuda técnicas de vendas e tem alguns dons e facilidades de se relacionar a ponto de convencer os clientes.

Ele também gosta de estudar sobre os produtos a serem vendidos e partem da ideia de conhecer os problemas e expectativas do cliente, para oferecer as melhores soluções.

Com isso, se esse profissional tem dificuldades em vender um produto, muito provavelmente é porque em algum dos pontos citados acima, ele não está conseguindo se conectar com o cliente.

Através desse levantamento inicial, você será capaz de descobrir o que realmente está acontecendo com o produto e/ou equipe de vendas da loja:

  • É falta de treinamento do profissional?
  • O problema está na escassez de informações sobre o produto?
  • Seus itens não condizem com o público-alvo?
  • O produto não atende às expectativas?

Realize reuniões e feedbacks periodicamente com sua equipe para levantar esses e outros pontos.

8. Taxa de conversão das mídias sociais

Se você já faz parte do mundo virtual (é muito importante que faça), provavelmente já deve possuir uma página no Facebook, perfil no Instagram, canal no Youtube ou site.

Com isso, você precisa medir periodicamente a taxa de conversão dos seus objetivos. Uma das métricas mais simples e usadas é: conseguir entender, das suas vendas, quais são de clientes que te conheceram pela internet e acabaram comprando efetivamente em sua ótica.

9. Ter um sistema de gestão

Independente do tamanho da sua ótica, vivemos diariamente em constante evolução no segmento. Umas das principais necessidades com base nisso, é a administração da sua empresa.

Não existe nada que não possa ser melhorado e aperfeiçoado!

Os processos de uma empresa precisam ser periodicamente analisados, visando os resultados e os impactos gerados.

Automatizar seus processos de gestão é uma maneira de melhorar o funcionamento do seu negócio. Ao contar diariamente com um sistema para ótica como o OptiSoul, por exemplo, tanto o gestor, quanto os vendedores conseguem economizar tempo e recursos da empresa, gerando autonomia para focar em outras ações importantes.

Primeiro sistema mobile para óticas, optiSoul.

10. Profissionais qualificados

É muito importante manter seu time atualizado sobre o segmento ótico e outros temas que o envolvem, como moda ou acessórios.

Sua equipe é a imagem da sua ótica. É ela quem oferece, representa e entrega seus serviços oferecidos. Portanto, profissionais qualificados são responsáveis pelo crescimento da empresa.

Nós da Optidados fornecemos vários conteúdos sobre o “mundo ótico”. Se quiser ficar por dentro, assine nossa newsletter e receba ainda mais materiais, tudo em primeira mão e de forma gratuita.

Confira também o vídeo abaixo, que vai complementar tudo o que acompanhamos juntos até agora! 🙂

Carol Melzani

Sou coordenadora da Central de Relacionamento na Optidados. Me formei em Direito pela Faculdade de Jaguaríuna, onde despertei grande interesse em discussões acerca do direito empresarial. Amo aprender e entender com os clientes, os desafios que me cercam, propondo soluções que conciliam a tecnologia com as boas práticas de varejo. Utilizo desse lema como o direcionador dos textos que escrevo para o Blog Optidados.

Postagens publicadas: 51