Entre as muitas funções que se tem ao administrar uma ótica, uma das mais importantes é saber calcular o preço de venda dos seus produtos. Não é uma tarefa tão simples, já que os fatores envolvidos são os mais diversos, e uma decisão errada pode prejudicar o seu negócio de diferentes formas.

Que tal, então, tirar algumas de suas dúvidas sobre o assunto e descobrir quais são os fatores que devem ser considerados na hora de calcular o preço de venda? Continue a leitura e confira!

Qual é a importância de definir bem os preços?

Saber calcular bem o preço de venda dos produtos é fundamental para o sucesso e a saúde financeira da sua ótica, especialmente no médio e longo prazo. Quanto mais detalhada for a sua análise, mais precisa será a definição dos preços de vendas, chegando ao valor que favoreça as finanças do seu negócio e, ao mesmo tempo, não afaste os clientes e tenha impacto negativo nas suas vendas.

O que fazer para calcular o preço de venda adequado?

O que deve ser levado em consideração para calcular o preço de venda? Confira!

Defina a margem

O primeiro passo na hora de calcular o preço de venda dos produtos na sua ótica é definir a margem de lucro que você deseja — ou precisa — para cada produto. Determine o valor mínimo para que a sua operação possa continuar saudável e, em seguida, estabeleça o ganho que você planeja ter sobre cada item comercializado.

Observe o mercado

Analisar a concorrência também é importante para definir os preços mais adequados, afinal, é preciso se manter competitivo dentro do varejo ótico. Essa observação pode ser muito útil para complementar a sua análise e a definição do preço final. O único cuidado, porém, é assegurar que essa não seja a sua única forma de avaliação.

Baixe gratuitamente o eBook Análise SWOT

Considere o custo da mercadoria

Por mais que promoções possam ser realizadas, é impossível ter um negócio sustentável sem considerar o custo da mercadoria comprada. Precisa ser garantido o lucro da ótica, dentro do resultado planejado. Para isso, você deve contar com o orçamento anual, com acompanhamento mensal.

Analise os custos fixos (aluguel, salários etc.)

A sua conta também deve considerar os custos fixos da sua ótica, afinal, essas são as suas responsabilidades fixas e precisam ser cumpridas sempre. Nada mais correto do que adicionar os seus custos fixos, mais os salários dos vendedores, por exemplo, a sua formação de preços de vendas, na hora em que os mesmos estão sendo definidos.

Use um software de gestão

Para tornar o trabalho ainda mais preciso, utilizar um software de gestão para calcular o preço de venda facilita a sua tarefa. Afinal, todas as informações financeiras, fiscais e contábeis relevantes da sua ótica são controladas em um só lugar.

Contar com um sistema especializado para a sua ótica pode tornar o trabalho mais preciso e simples. Com o uso de um bom Sistema de Gestão, como o OptiSoul da Optidados, é possível identificar e acompanhar os seus resultados, gerando insights que podem servir para montar uma metodologia própria para o cálculo do preço de venda.

Agora que você sabe um pouco mais, de como cuidar da formação do preço de vendas e que a Optidados pode oferecer o que você precisa, conte com ela. Dê o próximo passo, entre em contato conosco, conheça as nossas soluções e gerencie ainda melhor o seu negócio!

Bianca Boscolo

Sou formada em Administração de Empresas pela UNIP-Campinas, com especialização em Gestão de Pessoas pela FAJ, me considero uma pessoa cheia de energias e apaixonada por uma boa cerveja artesanal. Descobri o segmento ótico em 2011, onde trabalhei em uma ótica por dois anos até ingressar a Optidados. E é com essa energia e experiência que escrevo com grande atenção para o Blog Optidados.

Postagens publicadas: 44